segunda-feira, 21 de março de 2011

QUÍMICA - 5. Introdução à estrutura atômica

Muitos materiais, quando atritados em outros, ficam eletrizados > adquirem carga elétrica.
Cargas elétricas de sinais diferentes se atraem e cargas elétricas de sinais iguais se repelem. A matéria possui uma natureza elétrica. O ar não conduz corrente elétrica= isolante elétrico.
Quando submetidos a baixas pressões, os gases tornam-se condutores elétricos.
O cientista JOSEPH JOHN THOMSON (INGLÊS 1856-1940) encontrou partículas menores que o átomo, com carga netativa: ELÉTRON. Caía omodelo de Dalton. Agora sabia-se que o átomo é DIVISÍVEL. A carga elétrica do átomo seria nula.
Mais tarde foi descoberta a partícula 1836 vezes mais pesada que o elétron, com carga elétrica positiva: PRÓTON. Thomson introduziu a natureza elétrica da matéria.
Os átomos apresentam um raio dez a cem mil vezes maior que seus núcleos.
Assim, o modelo de Ernest RUTHERFORD (1871-1937) ou "modelo planetário" é o modelo atômico mais recente:
- o átomo não é maciço;
- a maior parte da massa do átomo se encontra no NÚCLEO, dotado de carga elétrica positiva, onde estão os prótons;
- na região ao redor do núcleo (ELETROSFERA) estão os elétrons, mais leves que prótons.
- o raio do átomo é muitíssimo maior que o raio do núcleo.
Em 1932 JAMES CHADWICK descobriu o NÊUTRON: localiza-se no núcleo, sem carga elétrica, massa muito próxima do próton.
NÚMERO ATÔMICO (Z) é o número de prótons presentes no núcleo de um átomo : 6C
NÚMERO DE MASSA (A) é a soma do número de prótons (Z) e de nêutrons (N) presentes no núcleo de um átomo: A=Z+N.
Nas reações químicas, os acontecimentos estudados pelos químicos estão relacionados a alterações que ocorrem na eletrosfera dos átomos, não no núcleo. o número de prótons não se modifica durante as reações, pois este número determina as propriedades químicas do átomo. Por isso, hoje, ELEMENTO QUÍMICO é o conjunto de átomos que possuem o mesmo número de prótons, isto é, o mesmo número atômico.
ISÓTOPOS são dois ou mais átomos que possuem mesmo número atômico (Z) e diferentes números de massa (A).
ISÓBAROS são dois ou mais átomos que possuem mesmo número de massa (A) e diferentes números atômicos (Z).
ISÓTONOS são dois ou mais átomos que possuem mesmo número de nêutrons (N) e diferentes números atômicos (Z) e de massa (A).
Isótopos sempre pertencem ao mesmo elemento químico, pois possuem o mesmo Z.
Quando um átomo está ELETRICAMENTE NEUTRO, ele possui prótons e elétrons em igual número.
Quando um átomo eletricamente neutro perde ou recebwe elétrons, transforma-se em ÍON.
Se recebe elétrons > íon negativo > ANIO
Se perde elétrons > íon positivo > cátion.
Obs.: a alteração ocorre na eletrosfera, não no núcleo.

A ONDA não transporta matéria, somente energia.
FREQUÊNCIA é o número de oscilações por unidade de tempo, expressa em hertz (Hz): oscilações por segundo.
Chamamos de ONDAS MECÂNICAS aquelas ondas que, como o som, necessitam de um meio material para se propagar. Não se propagam no vácuo.
As ONDAS ELETROMAGNÉTICAS não necessitam de um meio material para se propagar. Conseguem se propagar no vácuo. Ex. a luz, de rádio, tv, microondas.
A velocidade da onda eletromagnética no v´cuo é 3,0 x 108 ,/s.
Quanto maior for a frequência de uma onda, maior será a energia transportada.
As ondas de luz colorida transportam diferentes quantidades de energia, dependendo da cor.
Modelo atômico de NIELS BOHR (1885-1962):
- Os elétrons nos átomos movimentam-se ao redor do núcleo em trajetórias circulares, chamadas de CAMADAS ou NÍVEIS.
- Cada um desses níveis possui um valor determinado de energia.
- Não é permitido a um elétron permanecer entre dois desses níveis.
- Um elétron pode passar de um nível para outro de maior energia, desde que absorva energia externa. Quando isso ocorre, dizemos que o elétron foi excitado e que ocorreu uma TRANSIÇÃO ELETRÔNICA.
- A transição de retorno do elétron ao nível inicial se faz acompanhar da liberação de energia na forma de ondas eletromagnéticas.
Este modelo é chamado também de modelo RUTHERFORD-BOHR.
É impossível ter absoluta certeza da posição de um elétron em um átomo. Essa incerteza levou ao "Princípio da Incerteza de HEISENBERG" (Werner Heisenberg 1901-1976).
Os níveis de energia são formados por subdivisões: SUBNÍVEIS => s, p, d, f, g.
Cada subnível comporta um certo número máximo de elétrons: s-2   p-6   d-10   f-14...
Os elétrons procuram distribuirem-se nos subníveis de menor energia, desde que haja lugar disponível: ESTADO FUNDAMENTAL.
   CONFIGURAÇÃO ELETRÔNICA 






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

Seguidores

Arquivo do blog